Saber estar em sociedade implica não estar bem com toda a gente. Há uma ironia em querer agradar a toda a gente que não posso deixar de considerar como uma forma de não saber estar. Por isso mesmo estar e não estar é muito maior do que o estado do bem e ou do mal.

Já não é um problema do meio, é só mais uma infelicidade que dá um tremendo jeito aos narcisos insuspeitos.