InKōmodos posicionados ……

Azul menino ou rosa menina… Há lá nada mais normativo, incontestado pelos 99% e acima de tudo, completamente desnecessário no mundo em que vivemos (seja o de agora ou o de sempre). Cor e sexo é uma noção capitalista que nem percebemos bem como persiste na mente do mundo moderno, com a força e a persistência do conceito. Poderia explicar como surgiu mas nada mais me interessa do que evitar essa análise, recontada, e assim, esperar (de esperança) que essa dúbia noção binária desapareça.

— the monstruktor