Definitivamente

Momentos, sublimes. A beleza do momento como o momento de si mesmo. A forma como há quem se atreve a ver tanto em tão pouco. Esse pouco que é demasiado em tantos que nos rodeiam. Que medo, não existem nem demónios, nem fantasmas, seja de nós próprios, até que nós próprios, os invocamos, incitamos até, ao nascimento.

Depois tudo acaba e a beleza que sempre foge, escapa-se. Definitivamente.

Corre.

— the monstruktor

Quote

October 21, 2021


FOR ANY QUESTIONS