Colectivo Plaka_THE POLITICS OF SURVIVAL (ESPÍRITO, MATÉRIA E MODOS)

Carta de Motivação selecionada

Externo

Aguardo uma derrapagem de sentido onde o espírito de um lugar, enquanto um movimento sem novo resultado, não será mais do que uma simples rotação de soslaio no teorema ecológico do momento em que suspiramos, desde as nossas ambições de futuro, uma incerta enquanto sóbria reflexão.

Composto pelos fluxos piroclásticos, implícitos aos movimentos intelectuais e geradores de massa crítica, conto com o novo conteúdo – iluminista; com os novos contextos – paradoxos acelerados por um efeito Venturi renovador e lancinante; com as novas propostas – inflamadas pela interminável dúvida do pensador incomum.

Desejo um criterioso controlo da metodologia, procedural, uma execução magistral, na demonstração e/do domínio da forma e/do modo (acima de tudo do modo), pela partilha e experiência de atravessamento inter corpóreo, dos tutores e dos seus selecionados, na transmissão do tema proposto.

Um rigor analítico, uma discussão revigorante, um registo horizontal que extravasará a performance individual deste grupo, transportado pretensiosamente para os novos horizontes intelectuais urbanos da cidade, além do contexto e da sua história.

Proponho uma seleção de consciência, de nível mitocondrial, onde não só os espaços mas também os sujeitos são acionadas como momentos expectantes, num desígnio estaminal que somente o resultado pela necessidade influenciará a formação definitiva do acto.

Interno

A oportunidade de partilhar a dúvida, na busca da questão própria e irresolúvel do que fazemos e porque sequer estamos aqui.

Uma noção agnóstica de tempo, que nunca se repetirá em nenhum espaço que não o da intimidade partilhada nos momentos solenes da assembleia crítica que Politics of Survival adivinha. Um pregão de espírito, matéria e modo que me interessa explorar metodologicamente, na busca epistemológica da autoria pela irrepetibilidade da minha existência. A cura do contexto, de onde parte o meu ser e de onde decidi influenciar com a força dimensional do conhecimento que transmito, equilibrando num vórtice de progressiva gravidade cosmológica o que dou e o que posiciono para outros receberem.

CV Abreviado

Sérgio Miguel Magalhães, autor, também conhecido como o MONSTRUKTOR, desenvolve atividade de explorador crítico e curador de pessoas e mentes no Porto. Formado em Arquitetura, interpolando profissionalmente desde 2002 o Design Gráfico e Web com o Design de Produto e a Curadoria e Estratégia de Marcas.

CARLOS COSTA, GABRIELA VAZ-PINHEIRO, JORGE PALINHOS (Tutores)

5, 10, 13, 17, 24 e 31 de outubro de 2018 Com Aliki Kylika & Kyveli Anastasiadi, Álvaro Domingues, Camille Louis, João Luis Fernandes, Jorge Leandro Rosa, Lia Carreira, Margarida Mendes, Mariana Pestana, Marjetica Potrč, Marta Alvim, Matilde Seabra, Rui Matoso

— the monstruktor

Text

November 5, 2018


FOR ANY QUESTIONS