É assim que me sinto, fechado, resumido e envergonhado por não saber o que mais, até do que posso dar, a todos os que me merecem, e mesmo que fortuito, furtado, usurpado pela egocrença, mantenho-me; sempre eu. #monstruktor #real #self #illusions #fantasy #director #creative #author #architect #designer #graphic #web #design #product (at Porto, Portugal)

— the monstruktor