Obrigado @ palavra que mais me custa dizer. Necessariamente, cortês, sou sempre entendido como educado, pois não falto a essa norma social que nos exige urbanidade. Reconheço o obrigatório, por ser uma forma de reconhecer espécie. Diariamente, porque tenho que o fazer presente na cabeça de quem a palavra é descartável, surge sem valor e assume a definição que me permite odiá-la, a de ser sequer necessário usar. Suponho que a substituição imediata da norma social não seja possível, mas a retribuição silenciosa é uma ambição pessoal, de mim para o mundo. Obrigad@.

the MONSTRUKTOR

— the monstruktor

Writing

Quote

May 22, 2018


FOR ANY QUESTIONS