Em tudo o que vejo acontecer à minha frente, nunca irei deixar de pensar no que fica para trás. Durante o tempo necessário, tudo o que me leva ao ciclo que me projeta continuamente para a frente é processado para catalogação e arquivo. Em momentos de maior intensidade, este processo é mais moroso mas existe, e em tudo. Nada é deixado ao acaso, sem escrutínio ou identificação – sem ser dessa forma caduca. Com isto não admito maquinismos, nem sequer a abstração da razão pura na gestão da psique, mas equilibro a tridimensionalidade da minha vida enquanto o ser social, psicológico e biológico que sei ser.

the MONSTRUKTOR

— the monstruktor

Geral

March 8, 2018


FOR ANY QUESTIONS