Há quem prefira uma faixa de luto, eu, assumo um clamor de palma. Escolham.

— the monstruktor