E agora não há nada a fazer a não ser nascer de novo. Mais forte, num ciclo interminável de renovação e aprendizagem. Um idiota preso numa espiral de vidas, é o que eu sou. Nada mais que um idiota.

the MONSTRUKTOR

— the monstruktor

Geral

March 23, 2014


FOR ANY QUESTIONS