Mama Branca

Devassa visão,
sonho acordado,
toque singelo,
momento perfeito,
repartido, deixado.

Segura ilusão,
não mais.
Concreto saber,
de experiência e pudor,
que partilha sem despeito,
o mais íntimo,
o interior.

Cândido olhar,
incendiada paixão,
na certeza do irreal,
erro fatal,
de um futuro de solidão.

Sei quem és,
ó tu madrasta,
sorte perdida,
fado eterno
que me quebraste,
num ser só de paixão.

the MONSTRUKTOR

— the monstruktor

Quote

February 16, 2014


FOR ANY QUESTIONS